Lau Fat Mang: herói de Hubei, rei do Garra de Águia.

Grão Mestre Lau Fat Mang, o maior divulgador do Garra de Águia na China, famoso por sua grande habilidade e conhecimento do sistema, um dos mais reconhecidos professores de Hong Kong em sua época. Representante da sétima geração de grãos mestres responsáveis por divulgar o estilo.

Nasceu no vilarejo Torn' To, província de Hubei, norte da Republica Popular da China, em 10 de outubro de 1902. Iniciou o aprendizado do Garra de Águia ainda muito jovem com seu tio Lau Kai Man. O estilo estava na família á três gerações e não era ensinado ao publico em geral. Lau Kai Man possuía todo o conteúdo do sistema assim como seu primo Chan Tsi Chen, que foi quem deu continuidade ao ensino de Lau Fat Mang até a idade adulta. O jovem Lau Fat Mang assimilou um conteúdo grandioso em pouco tempo.

Em 1921 Chan Tsi Chen tornou-se um associado Chin Woo em Xangai, Lau Fat Mang também tornou-se associado trabalhando como instrutor assistente de Chan Tsi Chen no ensino do sistema Garra de Águia. Em 1924 a Associação Chin Woo abriu uma filial em Hong Kong, o Mestre Chan Tsi Chen foi enviando para ministrar aulas de Garra de Águia deixando em Xangai Lau Fat Mang como professor chefe.

 

Com a abertura de mais uma filial em 1926, dessa vez em Fut Shan no extremo sul da China, Lau Fat Mang foi escolhido para chefiar as aulas. Nesse período o mestre Lau teve um papel muito importante de divulgar o estilo no sul, região pouco explorada dentro da história do nosso sistema. Após três anos, em 1929, o mestre Chan Tsi Chen deixa Hong Kong e retorna ao nordeste da China, a associação Chin Woo local fica sem seu professor e logo os papéis se invertem novamente e Lau Fat Mang substitui o mestre Chan.

 

Em Hong Kong mestre Lau desenvolve um trabalho sólido, é dito que trabalhava individualmente cada aluno pacientemente, sempre sério e muito rigoroso. Nesse período atraiu muitos alunos e muitos deles se tornaram artistas marciais famosos na China e ao redor do mundo, entre eles Ng Wai Nung (Professor do Mestre Shum Leung), Lee Zhan Mang e Lee Wang Hong.

 

Vale mencionar a presença também em Hong Kong de outros dois mestres do norte da China, tão famosos quanto Lau Fat Mang, inclusive os três pertencem a mesma vila em Hubei, por isso são chamados de "Os Três Heróis de Hubei". O trio era composto por Mestre Kan Tak Hoi representante do estlo Tai Shing Pek Kwar Moon, estilo macaco, também conhecido como "o Rei do Macaco", Mestre Yip Yue Ting representante do estilo Mai Jung Low Han e Lau Fat Mang, todos extremamente habilidosos, era bons amigos e estavam sempre juntos.

 

Recebeu em 1933 um convite para treinar o Exército de Guan Dung em técnicas de mãos, onde ficou até 1936 quando decidiu retornar a Hong Kong para abrir sua escola "Escola Lau Fat Mang de Garra de Águia. 

 

Pouco tempo depois, em julho de 1937 inicia a segunda gerra sino-japonesa, conflito que já acontecia informalmente desde 1931, quando os japoneses iniciaram pequenos embates em território Chinês visando anexar áreas da China em seu território, mas sem alguma declaração formal de gerra. Quando a declaração de gerra foi dada, mestre Lau Fat Mang se viu na obrigação de agir. Mesmo com muitos alunos ele fechou as portas e foi lutar pelo seu país, como o bom patriota que era.

 

Lau Fat Mang fundou uma unidade especial chamada "19º Regimento Armado Dai Do" (十九路軍大刀隊), a expressão "Dai Do" significa "grande facão". Seus soldados eram treinados com essa arma especial e levados aos acampamentos japoneses pessoalmente pelo mestre Lau. Logo o batalhão ficou famoso na China pelos seus feitos durante a gerra, construindo sua reputação por serem altamente letais.

Mestre Lau e seus soldados lutaram na linha de frente até o fim da gerra em agosto de 1945, quando os EUA lançaram as duas bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki fazendo o Japão se render dando fim a segunda gerra sino-japonesa e a segunda gerra mundial. Lau Fat Mang e família mudam-se para Guangzhong, capital da província de Guangdong (Catão) localizado ao longo da costa sul da China.

 

De volta a Hong Kong com sua família em 1949 mestre Lau continua ensinando e divulgando o Kung Fu Garra de Águia que mais uma vez se tornou popular. Mestre Lau participava de competições regularmente. Foi convidado em 1954 para arbitrar a primeira competição de "Lei Tai" em Hong Kong. Lei Tai é uma modalidade de luta onde os competidores utilizam como ringue uma plataforma elevada sem grades ou cordas com o objetivo de arremessar o oponente para fora. Foi um evento muito aplaudido pelo público, visto por artistas famosos e pessoas da alta sociedade. Durante o evento, Lau Fat Mang e Dong Ying Kit, mestre de Tai Tchi Chuan, foram convidados a fazer uma demonstração de luta que, como é dito, foi melhor do que a própria competição de Lei Tai, os dois mestres eram muito conhecidos e respeitados, era raro a oportunidade de apreciar uma luta dessa grandeza.

 

Ainda em Hong Kong, mestre Lau ficou muito doente por causa de uma pneumunia e foi para Cheung Chau, uma pequena ilha localizada a 10 km do sudoeste de Hong Kong. Passou pouco mais de dois meses se recuperando evitando trabalho pesado e stress. Nessa época o mestre dedicou seu tempo a ensinar seus filhos a arte do Garra de Águia e ainda a escrever livros sobre o sistema, são eles: "Kung Fu Shaolin Garra de Águia Acrobático" e "108 técnicas de Chi-Na". Este ultimo o mestre Lau produziu só metade das informações, a outra parte foi produzida pelos seus filhos Lily Lau e Francis Lau. 

 

Após sua total recuperação, retorna mais uma vez a Hong Kong, e reativar sua escola em Mong Kok, uma área localizada dentro a da Península de Kowloon, determinado a dar continuidade a divulgação do estilo. 

Grão Mestre Lau Fat Mang com seus soldados do 19º Regimento Armado Dai Do.

Livro com a técnica do "Dai Do", arma utilizada pelo "19º Regimento Armado Dai Do" criado e treinado pelo mestre Lau Fat Mang.

Mestre Lau Fat Mang terminou sua jornada em 17 de março de 1964, com apenas 62 anos de idade. Apesar do estilo ter outros grandes mestres que o representaram, Lau Fat Mang foi quem mais causou impacto pelo tempo e esforço que dedicou durante toda sua vida na divulgação e ensino do estilo. Por tudo o que já foi mencionado não resta dúvidas da importância do trabalho do Grão Mestre Lau Fat Mang e do mérito do título que recebeu pela singularidade dos seus feitos, "Rei do Garra de Águia".

Publicações de Lau Fat Mang

Ano: 1958- As Cinquenta Seções do Garra de Águia Lin Kuen, Hong Kong.

Ano: 19??- Um Guia do Garra de Águia, Hong Kong.

Ano: 19??- Da Hang Kuen, Hong Kong.

Ano: 1981- 108 Capturas de Garra do Garra de Águia, Hong Kong.

Túmulo do Grão Mestre.

Família Lau no túmulo do Grã Mestre.

(esq. p/ dir.) Francis Lau, James Lau, 

Sra. Lau Fat Mang e Lily Lau.