A História da Escola Garra de Águia Acrobático

O kung fu Garra de Águia (Shaolin Ien Jiao Fan Tsi) foi inventado durante a dinastia Song. Sabe-se que o estilo tradicional foi usado pelo famoso militar General Yue Fei para treinar seus soldados. Yue Fei herdou este conjunto de técnicas de Zhou Tong no templo Shaolin.

Sua popularidade, no entanto, surgiu apenas durante a dinastia Ming. O seu desenvolvimento histórico atual tem início através de um monge budista chamado Lai Chun, que era um famoso praticante do estilo Fan Tsi, desenvolveu interesse pelas técnicas do Garra de Águia. Ele investiu muito tempo treinando e fazendo uma fusão entre os dois estilos, esse novo conjunto de técnicas de combate foi chamado de “Ien Jiao Fan Tsi” (Garra de Águia Acrobático). Estas técnicas foram então passadas para um monge chamado Tao Chaig, que por sua vez ensinou o monge Fat Sing. Até este momento as técnicas ficaram restritas aos monges budistas, por tanto não eram muito conhecidas por muitas pessoas.

A revolução do estilo veio no final da dinastia Qing, quando Lau Si Chun, de Hubei, herdou as técnicas de combate do monge Fat Sing. Lau Si Chun passou dez anos praticando diligentemente, tornou-se famoso em Pequim por causa de seu conhecimento e habilidades nas técnicas tradicionais de Garra de Águia. Lau Si Chun abriu a primeira escola Garra de Águia atingindo assim o publico em geral. Também especializou-se em técnicas de combate utilizando um “Dai Gong Gee” (bastão longo). Ficou conhecido como “Dai  Gong Gee Lau” por causa de seu desempenho extraordinário durante em competições.

Lau Si Chun aceitou alguns estudantes das regiões de Pequim e Hong Yuen. Nos seus primeiros dias, ele aceitou Lau De Shi e Zhi San Zhi como seus discípulos. Em seus últimos anos, ele passou todas as suas técnicas para seu sobrinho Lau Sing Yau, que então passou todo conhecimento pra seu terceiro filho Lau Kai Man e seu sobrinho Chan Tsi Cheng.

Chan Tsi Cheng conseguiu aprender todas as técnicas. Pela sua admiração a Associação Chin Woo, criado por Huo Yuan Jia, Chan Tsi Cheng foi a Xangai para se juntar a eles. Ele prometeu a si mesmo que iria espalhar o conhecimento do Garra de Águia. Não muito tempo depois, muitos artistas marciais foram aprender com ele. Chan Tsi Cheng ensinava pessoalmente cada aluno e ficou sufocado pela quantidade de trabalho. Ele voltou para a aldeia de sua família, e convidou os amigos que conheciam as técnicas para ajudá-lo a ensinar. Entre os que se juntaram a ele estão Lau Zhi Yeng, Lau Xim Ng, Lau Fat Mang, Lau Xim Ren, Xiou Xian e Lee Bao Ying. O mais jovem deste grupo era Lau Fat Mang.

Lau Fat Mang era o único sobrinho de Lau Kai Man, ele aprendeu o Garra de Águia com seu tio em uma idade precoce. Quando Lau Fat Mang chegou em Xangai, a primeira coisa que fez foi ir para a sede da Associação Chin Woo para ensinar. Com o tempo, Lau fat Mang tornou-se instrutor assistente de Chan Tsi Cheng ensinando Garra de Águia.

 

Em 1924, a Associação Chin Woo abriu uma filial em Hong Kong, a Associação queria mandar um professor da sede de Xangai para ir a Hong Kong ensinar, e Chang Tsi Cheng foi selecionado. Lau Fat Mang permaneceu em Xangai e se tornou o professor principal na Associação onde treinou muitos alunos bem sucedidos.

Dois anos se passaram e a Associação Chin Woo abriu uma escola em Fut Shan, que está localizada no sul. Lau Fat Mang foi enviado para essa escola. Naquela época, as pessoas de Fut Shan ficaram muito ansiosas para aprender técnicas de kung fu, e a Chin Woo era o único local onde elas poderiam ir para aprender. Portanto, Lau Fat Mang teve muitos estudantes.

Lau Fat Mang ficou muito conhecido na China pelo amplo trabalho que fez com o Garra de Águia e por ter lutado na segunda guerra sino japonesa, é lembrado como um patriota e herói chinês (para saber mais detalhes da vida do mestre Lau, clique aqui). Mestre Lau Fat Mang ensinou as técnicas para todos os seus cinco filhos. Devido a sua morte precoce, sua filha mais velha, Lily Lau, aceitou a responsabilidade de continuar o legado do seu pai e de sua família, dedicando toda sua vida a resgatar a técnica do Garra de Águia e passá-la as próximas gerações (para mais informações sobre a Mestra Lily Lau, clique aqui).

General Yue Fei, selo postal comemorativo.

Lau Si Chun, 1ª geração de mestres da família Lau.

Lau Sing Yau

Chan Tsi Cheng

Lau Kai Man

Lau Fat Mang

Lily Lau